Notícias

Mercado livre de energia atrai 5.041 novas unidades no último ano

951views

Crescimento do setor e novas possibilidades de investimentos para as empresas serão debatidas no Congresso Ecoenergy, que acontece entre os dias 20 e 22 de setembro, em São Paulo

 São Paulo, julho de 2023 – Entre junho de 2022 e maio de 2023, o mercado livre de energia cresceu 18%, ganhando 5.041 novas unidades consumidoras. O aumento reflete o maior interesse das empresas em iniciativas sustentáveis, reforçando a importância do  Congresso Brasileiro de Geração de Energia Renovável – Ecoenergy, evento que será realizado no WTC Events Center, em São Paulo, entre os dias 20 e 22 de setembro.

Ao todo, são 33.197 unidades consumidoras de energia livre, sendo responsáveis por 39% do consumo nacional de eletricidade no Brasil. Esse mercado já absorve 56% de toda a produção de usinas de geração de energia renovável especial, incluindo eólica, solar centralizada, biomassa e pequenas centrais hidrelétricas (PCH), um crescimento de 10% nos últimos doze meses. Os dados são da Abraceel (Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia)

“Temos visto um interesse crescente das empresas em investirem em projetos de geração de energia renovável, visando atingir suas metas de descarbonização, de forma sustentável e a preços competitivos”, comenta Fabiano Fuga, diretor de Comercialização da EDF Renewables Brasil e um dos palestrantes do painel sobre a Avaliação das Oportunidades em Projetos Renováveis, que acontece na manhã do  dia 22 de setembro.

A Abraceel também registrou um movimento crescente de comercialização de energia solar e eólica para consumidores no mercado livre de energia. Foram registrados 55% de toda a produção de energia solar centralizada e de 48% da geração eólica em abril de 2023.

“Segundo o Ministério de Minas e Energia, a matriz energética brasileira é uma das mais renováveis do mundo com uma proporção de 48%, indicador mais de três vezes superior ao mundial. A produção de energia limpa pelo Brasil é destaque entre os países que compõem os Brics (Brasil, Rússia, África do Sul, Índia e China). Os números superam os demais países do bloco”, completa o especialista.

O Brasil mantém o 6º lugar no ranking mundial de energia eólica, de acordo com dados da Global Wind Energy Council (GWEC). O país ficou em 3º lugar em volume de expansão, com um incremento de 4 GW na capacidade eólica no ano passado, atrás somente da China e dos Estados Unidos. Em energia solar, o país encerrou 2022 na 8ª posição no ranking internacional, estando pela primeira vez na lista dos dez países com maior potência instalada acumulada da fonte solar fotovoltaica, segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

“Sem dúvida, temos condições favoráveis para deixar a nossa matriz energética ainda mais limpa. A produção de hidrogênio verde a partir das fontes renováveis de energia elétrica, por exemplo, ainda possui um grande potencial inexplorado, assim como a energia eólica offshore. Até dezembro de 2022, o Ibama já somava 170 GW em pedidos de licenciamento ambiental por meio de 70 projetos de geração eólica offshore”, reforça Fabiano Fuga.

Por que investir?

A transição energética vem sendo encarada como tema relevante do cotidiano de governos e empresas e não mais como uma iniciativa distante, como antigamente. A necessidade é mais do que urgente, tendo em vista que a Agência Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA, na sigla em inglês) registrou os dois dias mais quente da história, com temperaturas médias acima dos 17°C,

“O propósito ambiental de redução nas emissões de gás carbônico na atmosfera certamente é uma das principais vantagens do investimento em energia renovável. Além disso, sem dúvida alguma, já é possível investir neste segmento tendo retornos competitivos em comparação às alternativas tradicionais, além da previsibilidade e redução de custos, englobando uma visão de sustentabilidade e de longo prazo. O impulsionamento para um futuro economicamente, ambientalmente e socialmente sustentável também gera valor à empresa, aos clientes e acionistas, reforçando a solidez e a segurança da companhia”, conclui  o diretor  da EDF Renewables Brasil.

 

Serviço
Congresso Ecoenergy 2023

Data: 20 a 22 de setembro
Local: World Trade Center Events Center

Endereço: Avenida das Nações Unidas, 12.551, Brooklin Novo, São Paulo, Brasil

Inscrições: https://congressoecoenergy.com.br/
Mais informações através do e-mail congresso@congressoecoenergy.com.br ou dos telefones: (11) 5585-4355 e (11) 3159-1010.

 

Sobre a Fiera Milano Brasil

A Fiera Milano Brasil é a filial brasileira da Fiera Milano, um dos maiores players de feiras e congressos do mundo que a cada ano atraem aproximadamente 30 mil expositores e mais de cinco milhões de visitantes. No Brasil, são realizadas sete feiras que representam os mais diversos segmentos da economia, como segurança, energias limpas e renováveis, tubos e conexões, cabos, saúde no trabalho, tecnologias em reabilitação, inclusão e acessibilidade, entre outras. Entre as principais marcas do portfólio estão Exposec, Fisp, Fire Show, Congresso Ecoenergy, Reatech, Tubotech e wire South America. Mais informações: www.fieramilanobrasil.com.br

 

Informações para Imprensa:

 

2PRÓ Comunicação – Fiera Milano Brasil

Teresa Silva – teresa.silva@2pro.com.br

Myrian Vallone – myrian.vallone@2pro.com.br

(11) 3030-9463 | 9404 | (11) 99228-7836